November 27, 2021

Dirigentes do Manaus Futebol Americano visitam instalações do Timbó Rex para aprender modus operandi do programa catarinense

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 53 segundos

Takahashi (esq) recebe Silva (c) e Hurtado na sede do Timbó Rex. Foto Richard Ferrari/Rex/Futebol Americano Brasil

No último dia 13 de agosto, uma comitiva com representantes do Manaus Futebol Americano visitou as instalações do Timbó Rex. A iniciativa do programa manauara era para estabelecer conexões com a equipe catarinense e entender os processos administrativos e desenvolvimento do projeto T-Rex Sports Academy. A comitiva da equipe amazonense foi formada por Renner Silva e Andrés Camilo Hurtado, dirigentes do Manaus Futebol Americano.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

Durante o período em Timbó, eles se reuniram com diferentes membros da diretoria do Rex para conhecer alguns aspectos do dia-a-dia do clube.

— O Rex hoje é referência dentro do campo esportivo, de formação de atletas e de marketing dentro do futebol americano no Brasil. Viemos até a casa do Timbó Rex para ver de perto como isso acontece e, aos poucos, aplicar os mesmo valores no Manaus Futebol Americano — explicou Silva.

Silva também comentou sobre como o programa manauara sofreu mudanças após a temporada 2020.

— Desde 2020, o nosso projeto de futebol americano vem sofrendo uma mudança muito grande. Identificamos que o nosso time precisava de uma mudança na parte técnica e de gestão, por isso, buscamos reforçar essas áreas de nosso clube. Hoje temos mais pessoas na diretoria e também novos nomes na comissão técnica, com objetivo de melhorar o nosso desempenho nos jogos — disse.

Hurtado apontou um dos obstáculos para alavancar o programa no Amazonas e reconhece que uma das dificuldades do time é criar uma identidade própria com os colaboradores, fator que já existe em Timbó.

— Uma de nossas dificuldades é criar uma identidade dos atletas com o projeto. Nós percebemos que no Rex isso existe e é presente no dia-a-dia. Assim que o jogador desembarca em Timbó, ele se torna parte do clube, veste a camisa. Queremos que isso se torne normal em nosso clube também — comentou.

Além deste momento de conhecer as instalações do Rex em Timbó e ter reuniões com membros da diretoria do clube, a parceria entre as duas instituições terá novos capítulos. Ainda em 2021, um amistoso entre os dois times será realizado e uma clínica com os técnicos também acontecerá neste ano.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
 
0%
4 Star
 
0%
3 Star
 
0%
2 Star
 
0%
1 Star
 
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *