October 28, 2021
Rouillard será cheerleader do New England Patriots na temporada 2021/2022. Foto Patriots/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Lara Rouillard é a nova cheerleader do New England Patriots e conta os planos na CBCD

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 45 segundos

Rouillard será cheerleader do New England Patriots na temporada 2021/2022. Foto Patriots/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Produção: Tiago Munden

A torcida brasileira do New England Patriots poderá contar com mais um ingrediente a mais para torcer. No dia 12 de junho deste ano, a mineira Lara Rouillard foi aprovada para ingressar na unidade de cheerleaders. Ela se torna a segunda brasileira – a primeira foi Vera Lúcia Almeida, que atuou no Miami Dolphins nas temporadas de 2016 a 2019 – a alcançar a National Football League (NFL) e a primeira e ser parte da franquia de Foxborough.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

Rouillard é natural de Sabinópolis, mas teve de se mudar aos Estados Unidos quando tinha 14 anos. O primeiro contato com o cheerleading ocorreu enquanto estudava na Nauset Regional High School através da treinadora Jenn Parks. A paixão pelo esporte floresceu à primeira vista.

Foram anos de treinamento até ter de voltar ao Brasil em 2011. Em Minas Gerais, chegou para liderar a unidade de cheers do Belo Horizonte Get Eagles e, posteriormente, Sada Cruzeiro. Na volta aos Estados Unidos apareceu a oportunidade de se inscrever no camp dos Pats. A tentativa se mostrou falha e a vaga não fora conquistada.

Entretanto, a perseverança prevaleceu e a vontade de entrar nos Patriots bateu mais forte. No dia 23 de maio, Rouillard teve de encarar aproximadamente 80 concorrentes no boot camp – uma das fases finais das audições – antes de ser aprovada na lista final de 34 cheerleaders da equipe.

Atualmente, Rouillard, de 29 anos, mora em Cape Cod e é formada em letras e tem MBA em gestão de negócios. Além do papel de cheerleader do New England Patriots, a mineira também é presidente da Confederação Brasileira de Cheerleading e Dança (CBCD). Em conversa com o Futebol Americano Brasil, a cheer contou como foi alcançar o feito de entrar nos Patriots, as metas da CBCD na sua gestão e as possibilidades do time nacional na disputa por medalhas nos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 2028.

Confira a entrevista na íntegra

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *