Rio Preto Weilers retoma projeto do Centro de Treinamentos após um ano em stand-by

O Rio Preto Weilers aguarda o acesso a R$ 100 mil para execução do empreendimento que atenderá o roster e um projeto social voltado às crianças da região. Foto Guilherme Baffi/Diário da Região/Futebol Americano Brasil

Os planos para construção do Centro de Treinamentos do Rio Preto Weilers continuam, mesmo que em um ritmo menor. O programa de São José do Rio Preto segue na negociação para liberação dos R$ 100 mil destinados a realização da obra no campo do bairro Quinta das Paineiras. Após limpeza do local, realizada em maio de 2019, por aproximadamente 60 jogadores, o espaço ainda não é usado em sua plenitude devido a pandemia por SARS-CoV-2 – o vírus que causa a COVD-19 – e a baixa infraestrutura.

Saiba como foi a temporada 2019 da SPFL

A prefeitura já havia cedido o gramado, que conta com arquibancada, aos Weilers através do de um programa de adoção de praças esportivas por pessoas jurídicas. A direção ainda contou com o auxílio do deputado federal Luiz Carlos Motta (PL/SP) para angariar a verba de R$ 100 mil. O valor será destinado a melhorias do relvado da Quinta das Paineiras, bem como cercamento do local e execução do projeto social intitulado Touchdown do Futuro que é voltado ao ensino do futebol americano, capoeira, artes circenses e outras atividades às crianças da região.

A arquitetura do Centro de Treinamentos prevê a marcação oficial do futebol americano, salas de aula, sala de equipamentos, sala de preparação, cozinha e vestiários. Entretanto, a equipe necessita do repasse financeiro para iniciar as reformas. O acesso ao recurso está trancado na Secretaria de Esportes e Lazer de São José do Rio Preto.

— Por causa da pandemia do ano passado, nós pausamos o projeto porque os trâmites burocráticos do dinheiro estavam bem mais complicados na prefeitura, além de conseguir gente para fazer a obra — comentou o presidente dos Weilers, Wilmer Martinez.

Juntamente com as dificuldades causadas pela pandemia, 2020 também foi um ano de eleições municipais, o que atrasou o arranque do empreendimento.

— Um detalhe importante que deu uma freada no processo do projeto foi a eleição. Tivemos que esperar a estabilidade na mudança de pessoal das secretarias de obras e esportes para concluir os próximos passos. Vamos nos encontrar com o novo secretário de esportes [Fabio Marcondes] para retomar as conversas sobre as melhorias e o projeto social — explicou.

O Rio Preto Weilers aguarda que o início das obras ocorra ainda em 2021, quando o esboço era que estivesse finalizado neste ano conforme planeava o ex-dirigente Matheus Camargo (veja mais neste link https://www.facebook.com/riopretoweilersfa/photos/a.149679598402659/2621979447839316/).

— Ficamos em stand-by com a pandemia e as eleições, esperamos que em julho de 2021 possamos voltar com tudo e dar seguimento ao projeto social — disse.

O que precisa ser feito pelo Rio Preto Weilers

De acordo com Martinez, os primeiros procedimentos a serem feitos no local são: terraplanagem, implantação de grama e cercamento do local.

— Não adianta nada montarmos uma estrutura se não há segurança. Vamos preparar o local para termos um espaço para começar o projeto e levar as crianças. Depois, aos poucos, vamos construir os barracões e salas — argumentou.

Por ficar basicamente um ano emperrado, o Rio Preto Weilers precisará orçar novamente os preços das melhorias a serem contempladas.

— O levantamento de valores que fizemos em 2020, hoje, é totalmente diferente. Então, teremos que começar de novo os orçamentos de cercamento, terraplanagem e colocação da grama, porque sabemos que tudo ficou mais caro. Vamos negociar com as empresas destes ramos viabilizar descontos — finalizou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

 Leave a Comment