July 30, 2021
BFA Brasil Futebol Americano ELF European League of Football Futebol Americano Brasil

BFA abre caminho para que brasileiros não sejam imports na ELF

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 56 segundos

Imagem: BFA/Reprodução/Futebol Americano Brasil

Os gestores do Brasil Futebol Americano (BFA) anunciaram, na manhã desta terça-feira (22), a parceria com a European League of Football (ELF). O acordo tem como base a troca de experiências entre as duas ligas para o desenvolvimento do futebol americano nos dois mercados. Há o interesse comum que jogadores, treinadores e árbitros brasileiros atuem na Europa, assim como a realização de um evento entre os campeões brasileiro e europeu.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

“Uma das iniciativas de destaque é a criação de oportunidades de intercâmbio para determinados jogadores, treinadores e árbitros dos dois continentes. Já é comum acordo que jogadores brasileiros não serão considerados ‘import players’ na ELF, ou seja, não ocupam espaço na limitada lista de jogadores de fora da comunidade europeia. Além disso, existe a intenção de incluir, em um futuro próximo, pelo menos uma vaga por time para ser ocupada por um jogador brasileiro”, publicou o BFA em seu site oficial.

Quanto a realização de um bowl entre um programa brasileiro e europeu, ainda não há definição de quando e como será feito. Existe a possibilidade que o jogo seja disputado no Brasil, que segundo os dirigentes do BFA, aumentaria a atenção do mercado para consumo do futebol americano local.

— A partida entre os campeões é um evento que as duas ligas têm interesse em realizar, porém demandam diversas etapas que devem ser cumpridas para acontecer, antes de pensar nesse evento queremos produzir oportunidades de intercâmbio para árbitros, coaches e principalmente jogadores. Alinhar os processos de gestão entre as Ligas e depois estudar qual melhor forma e lugar para o evento acontecer sob organização da BFA — comentou Lucas Rossetti, diretor esportivo do BFA.

Para facilitar a logística durante o deslocamento do programa europeu à América do Sul, leva-se em conta que o mando do BFA ocorra em uma cidade-sede, que além de possuir um estádio mais sofisticado, tenha um aeroporto internacional de grande porte.

“O que podemos esperar desta parceria é o crescimento da visibilidade da BFA fora do Brasil, assim como da ELF dentro do país. A BFA deseja sucesso à ELF, e todos esperamos que em breve o futebol americano possa voltar a ser praticado com segurança em território nacional”, finalizou a nota do BFA.

 

 

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
100 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *