November 27, 2021
Cascavel Olympians fica a uma vitória de alcançar os playoffs. Foto Tiago Guedes/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Cascavel Olympians supera São Miguel Indians no overtime e encerra um tabu dos catarinenses

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 30 segundos

Cascavel Olympians fica a uma vitória de alcançar a inédita vaga aos playoffs. Foto Tiago Guedes/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Em confronto válido pela Divisão Oeste do Campeonato Paranaense de Futebol Americano, o Cascavel Olympians derrotou o São Miguel Indians em um placar apertado por 7 a 0 e somente no overtime. O evento foi realizado no último sábado (2), no Centro Esportivo Ciro Nardi, em Cascavel.

Confira a classificação do Campeonato Paranaense

Os Olympians tinham uma missão complicada: vencer o programa catarinense que jamais havia perdido para um elenco do Oeste paranaense. A investida para tal façanha quase surtiu efeito no primeiro quarto, quando a unidade de ataque entrou em field goal range. Porém, o placekicker #5 Lucas Boeira desperdiçou o arremate de 37yd.

Os Indians tentaram dar o troco. A defesa de São Miguel do Oeste recuperou um fumble na linha de 4yd do campo de ataque, após um erro no shovel pass do signal caller #8 Bruno Giordani para o tailback #23 Daniel Padilha. O turnover foi recuperado pelo defensive tackle #76 Evandro Gomes.

Assim como os donos da casa, a visita na redzone não terminou em pontos. O quarterback #14 Kauê Kessler Marques foi interceptado pelo cornerback #21 Willian Ribeiro dentro da endzone.

No segundo quarto, os donos da casa voltaram a entrar em field goal range, entretanto, Boeira teve o arremate de 34yd bloqueado pelos Indians. 0-0.

Após o intervalo, foi a vez dos visitantes demonstrar mais interesse no duelo. O kicker #37 Grautti Werlang foi convocado em duas situações para tirar o zero do marcador. Na primeira oportunidade, chutou para fora um field goal de 37yd. Na sequência, o disparo foi mais longe, de 51yd, também sem direção.

Dentro do último quarto, São Miguel do Oeste ameaçou mais uma vez a meta de Cascavel. O linebacker #23 Maquiel dos Santos interceptou Giordani dentro da redzone. Mesmo com o turnover forçado, a campanha resultou em um chute para fora no field goal de 28yd.

O momento não abalou os visitantes, que chegaram mais perto da goal line depois do retorno de 36yd do punt returner #84 Gefersson Foleto, que posicionou a unidade de ataque na linha de 5yd do território dos Olympians. E o cenário se repetiu, Werlang perdeu um field goal de 32yd e a etapa regular ficou no 0 a 0, algo inédito em competições oficiais no Brasil.

No overtime, os Olympians venceram o cara e coroa e largaram na frente. O drive resultou em touchdown com uma power run pelo lado esquerdo, executado pelo halfback #30 Marcos Heugenio. Boeira completou com o PAT.

Os Indians partiram para o all-in, mas a defesa paranaense segurou a campanha e garantiu o triunfo dentro de seus domínios. Final 7-0.

A vitória deixa o Cascavel Olympians no topo do Oeste com campanha 1-0. Uma segunda conquista contra o São Miguel Indians leva o programa para os playoffs. O jogo está agendado para o dia 30 de abril, em São Miguel do Oeste.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
 
0%
4 Star
 
0%
3 Star
 
0%
2 Star
 
0%
1 Star
 
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *