Cascais Crusaders aplicam shutout diante dos Algarve Sharks

Array

Cascavel Olympians aguarda adversário nos playoffs. Foto Cristian Lösch/Portal Peperi/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Boeira confere winning kick contra o São Miguel Indians e garante a ida aos playoffs do Cascavel Olympians

Tempo aproximado de leitura:3 minutos, 33 segundos

Cascavel Olympians aguarda adversário nos playoffs. Foto Cristian Lösch/Portal Peperi/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Na tarde deste sábado (7), pela semana 6 do Campeonato Paranaense de Futebol Americano, o São Miguel Indians recebeu a visita do Cascavel Olympians para definir mais um programa classificado aos playoffs estaduais. Os donos da casa foram superados pelo adversário em um winning kick do placekicker #5 Lucas Boeira no final do jogo. O evento disputado no Estádio Padre Aurélio Canzi, em São Miguel do Oeste, terminou em 15 a 13.

Confira a classificação do Campeonato Paranaense

Os Indians largaram na frente logo no primeiro drive. O signal caller #12 Lucas Thalheimer percebeu a separação do split end #80 Gabriel Bratkoski na fade route e conectou o receiver em um passe de 22yd para touchdown. O kicker #23 Maquiel dos Santos conferiu o PAT.

No arranque do segundo quarto, os Indians entraram em field goal range e capitalizaram a campanha em um arremate de 44yd de Santos. A resposta de Cascavel veio na mesma moeda. Na sequência, foi a vez dos visitantes descontar com uma tentativa de 43yd no chute de Boeira, que mandou entre os postes.

Pouco depois, o cornerback #21 William Ribeiro recuperou um fumble na linha de 10yd do campo de ataque. Assim como no primeiro encontro neste ano, o defensor já havia reavido um turnover. Com a posse em mãos, o tailback #30 Marcos Hugenio Vasconcelos executou a dive run, qubrou três tackles e percorreu 8yd para parar somente dentro da endzone. Boeira empatou o duelo.

Porém, antes do encerramento do primeiro tempo, os Indians trataram de se manter na liderança. Santos conferiu um field goal de 34yd. 13-10.

Na etapa complementar, uma sucessão de erros colocou os mandantes contra a parede. Para piorar o cenário um bad snap dentro da endzone dificultou o trabalho do punter #22 Tiago Gallina, que teve o chute bloqueado. A bola saiu pela linha de fundo, o que resultou em safety.

O elenco de São Miguel do Oeste buscou forças para manter elevada a moral da equipe. Thalheimer liderou a unidade de ataque até a redzone rival. Mas, o quarterback foi interceptado por Ribeiro dentro do gol.

No último quarto, Thalheimer voltou a visitar a redzone dos Olympians. O quarterback até que conectou um passe para touchdown com o slot receiver #13 Ronaldo, contudo, uma falta por interferência de passe anulou a jogada. A campanha ainda foi impedida de pontuar em um bloqueio de field goal de 39yd de Santos.

O time de Cascavel bem que tentou a virada em um complicado field goal de 55yd, que Boeira não conseguiu conferir.

O jogo se encaminhava para uma vitória do São Miguel Indians, que ajustava a defesa para consumir o relógio. A equipe ainda chegou perto de forçar um turnover on downs, mas, uma face mask deu nova vida aos visitantes. Este lance foi crucial para a virada do Cascavel Olympians.

Com a renovação das descidas, os Olympians entraram em field goal range e dentro do two minute warning. Boeira que tinha dois chutes bloqueados no primeiro jogo, um de 37 e outro de 34yd, acertou o winning kick de 40yd, que deu a virada e garantiu a presença nos playoffs. Final 13-15.

— A sensação única de ser campeão da Divisão, ainda mais com um winning kick. Só tenho a agradecer pelo empenho do meu special team, a confiança do meu coach e a doação de todo o meu time hoje — comentou Boeira.

A pesar dos bloqueios nas tentativas do primeiro jogo, Boeira não se intimidou quando teve nova chance.

— Os dois field goals que perdi no jogo foram bloqueados pelo meio, aí não tem o que eu fazer. Mas aí meu coach ajustou a linha e deu tudo certo depois. Não pensei nos erros. Kicker tem que ter memória curta. Só pensei em executar o que treinamos exaustivamente para estar preparado quando meu time precisasse de mim — finalizou.

O resultado coloca o Cascavel Olympians no topo da Divisão Oeste com recorde de 2-0 e seed #5. Mesmo com a derrota, o São Miguel Indians (0-2) também avança a segunda fase com o seed #8.

Assista o jogo na íuntegra entre Indians vs Olympians

Sobre o autor


Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA


Happy

Happy

0 %


Sad

Sad

100 %


Excited

Excited

0 %


Sleepy

Sleepy

0 %


Angry

Angry

0 %


Surprise

Surprise

0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
 
0%
4 Star
 
0%
3 Star
 
0%
2 Star
 
0%
1 Star
 
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *












Related articles

Comments

Share article

Latest articles

Newsletter

Subscribe to stay updated.